segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

ENSINO EXPERIMENTAL - "Despertar para a Ciência"


COMPORTAMENTO DA LUZ QUANDO ATRAVESSA DIFERENTES MATERIAIS
Como contextualização para a actividade, vimos e ouvimos na televisão uma história intitulada:

"Não quero usar óculos".

A personagem é um menino que não quer usar óculos. Enquanto espera que chegue o par de lunetas, a criança sonha com o aspecto que terão e o uso que lhes vai dar. Para concluir que, afinal, os óculos permitem ver melhor e sentir mais perto o mar que está lá longe ou as árvores que se avistam da janela do quarto. E também sonhar acordado, espreitar para dentro de si mesmo, e olhar duas vezes e perceber que há sempre duas ou três maneiras de ver a mesma coisa.

Para iniciar a investigação, a professora forneceu a questão problema - SERÁ QUE PODEMOS VER ATRAVÉS DE DIFERENTES MATERIAIS? ...

... e assim tudo começou.

REGISTOS DAS OBSERVAÇÕES









MATERIAL USADO

O QUE E COMO VAMOS FAZER…

. Utilizar uma figura.
. Colocar a figura a um palmo à frente dos olhos.
. Colocar os óculos e alternar o material das lentes.
. Assinalar em folha de registo as observações.

AGORA VEJAM, COMO FOMOS UNS...

...VERDADEIROS CIENTISTAS !

1 comentário:

professora Luísa disse...

Adorei, adorei!

E vocês meninos,devem ter adorado ver as coisas com uns óculos especiais?

Acho que um dia destes também os vou experimentar!

BJ

Fernando Pessoa

Fernando Pessoa
Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver
apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...
(Fernando Pessoa)